Como os não tecidos meltblown são feitos

O processo de meltblown é similar ao processo de spunlaid. Uma corrente de gás quente em alta velocidade colide com um fluxo de polímero fundido, ao mesmo tempo em que o polímero é expelido de um pequeno capilar no molde. A força do gás em um fluxo turbulento rapidamente reduz o filamento, do diâmetro de aprox. 500 microns no capilar, até o tamanho de aproximadamente apenas 1 micron.

Comparado com o processo spunlaid, o índice de ponto de amolecimento do polímero é altíssimo, enquanto que o fluxo caudal do capilar é muito baixo. Esse baixo fluxo se deve ao fato de os capilares possuírem aberturas muito pequenas e o alto índice de ponto de amolecimento é uma pré-condição para a fabricação de fibras muito finas.
Este website usa Cookies. Ao continuar a sua navegação neste site, você estará de acordo com o nosso uso de Cookies. Encontre mais informações em nossa Página de Cookies. .

Obtenha mais informações